Texto 26 – Eleições 2016. DICAS DE COMO COLOCAR O TURISMO NA PAUTA DOS PREFEITOS? Série Política de Turismo, por Eduardo Mielke.

Slide1

Se eleito vou cuidar da saúde, educação, emprego e segurança e transporte!! A não ser que sua Cidade seja turística mesmo (veja post deste tema no Blog), muito provavelmente é isso que você, irá ouvir pelos próximos 40 dias. Mas, isso não significa 4 anos, não é?

De fato, não se constrói campanha nenhuma tendo o Turismo como mote principal. Não dá voto. Simples assim. Portanto, o que temos que mudar, somos nós mesmos.

Fundamentalmente, refiro-me a postura com que se estabelece uma Agenda de Reuniões, que  começa agora na campanha, com os prefeitáveis. O Brasil C&VB, por exemplo, tem atuado junto aos C&VB promovendo reuniões com os candidatos. Outras entidades regionais, como a Agência de Desenvolvimento do Turismo dos Campos Gerais (Adetur), no Paraná, também seguiu esta linha. Muito as felicito!!! E certamente, há outros exemplos. Caso saiba de algum, comente aqui ou no Facebook.

Buenas, aqui vão algumas DICAS e OBJETIVOS, que podem ser úteis para aqueles que estão pensando em reunir e discutir futuros os Prefeitos.

1o. PAUTA DE DEMANDAS DO TURISMO.

Antes de começar a Agenda, o empresários e o Terceiro Setor devem elaborar juntos, uma Pauta de Demandas. Observe o quanto o turismo da sua cidade está voltado para o desenvolvimento econômico local. Construa esta pauta, junto com soluções realísticas. Estude-as tecnicamente, desde o ponto de vista legal e mercadológico! Aproveite para exercitar a cooperação! Você perceberá que há itens da lista que requerem recursos federais e outros, só força de vontade. Não coloque tudo no mesmo saco, priorize. Menos é mais.

Cuidado com o tom! Na reunião, não indique nomes para a Secretaria de Turismo. Uma coisa de cada vez, não embole. É um baita erro. Não é nem o momento para isso! Os candidatos não sabem nem quem irá ganhar, e movimentos assim, soa imposição. Ninguém gosta disso, nem você. Indicações ficam para depois das eleições. Aí, é outra história. O Objetivo (A) agora é mostrar que o grupo está ali para somar/ajudar o futuro gestor público.

3O A ARENA.

Onde fazer a reunião? R: No COMTUR. Mas, na ausência de um, a Associação Comercial, CDL ou Rotary são lugares que resolvem. Reúna os candidatos juntos ou não. O objetivo (B) é o grupo perceber de cada um, o quanto os candidatos entendem o turismo como oportunidade econômica para a Cidade, na geração de emprego e renda. Lembre-se! Ele pode vir à reunião ainda pensando que turismo é somente viajar ou fazer festa. E de fato, muitos vem com esta ideia mesmo! Porém, isso não é um problema. Não é ruim. Muito pelo contrário. É uma oportunidade, diante da ignorância, de fazer com o grupo se torne referência sobre turismo da Cidade, que eles próprios não têm. Por isso cuidado com o tom. O Objetivo aqui (C) é fazer os candidatos perceberam que irão precisar do grupo para obter melhores resultados.

Ser referência em algo é uma conquista, não imposição. Pense nisso.

Faça isso pela sua Cidade e não por outro motivo qualquer. Ao final do encontro, entregue em mãos um documento contendo a Pauta de Demandas do Turismo da sua Cidade. Tire fotos. Dê entrevistas. Registre. Envie a nota para os jornais da cidade. E aguarde o resultado de Outubro.

Dúvidas, esclarecimentos? Precisa de ajuda em organizar as reuniões na sua cidade? Pergunte.

Abr. Mielke.

Anúncios

6 comentários em “Texto 26 – Eleições 2016. DICAS DE COMO COLOCAR O TURISMO NA PAUTA DOS PREFEITOS? Série Política de Turismo, por Eduardo Mielke.

  1. Edgar Tramontin de Farias Filho agosto 26, 2016 — 8:42 pm

    Olá Mielke, tudo bem?

    Você responde por aqui?

    att,

    Edgar

    ________________________________

    Curtir

  2. Olá Mielke, Me Chamo Ana e sou gerente executiva de uma associação comercial e turística de Praia do Forte- Bahia. Temos 25 anos de existência e atividade e o nosso maior diferencial é que temos como associados diferentes setores (Hoteis, resorts, pousadinhas, restaurantes, padarias, supermercados, lojas e outros serviços). Somo quase um C&B…
    Mas infelizmente não estamos conseguindo dialogar com a prefeitura, especialmente com a secretaria de turismo que está mais para uma secretaria de ações sociais, que gasta por ano 5 milhões em festas para o “povão”, que só trazem violência para o nosso destino. Então, como tenho acompanhado suas matérias, e tenho gostado muito (Parabéns pelo seu trabalho!), decidi te escrever, para pedir um help… Como podemos fazer a prefeitura/Secretaria de Turismo entender que o nosso destino precisa ter um tratamento melhor, que o turismo é importante. Quais caminhos você sugere ?

    Curtir

    1. Olá Ana Caroline, tudo bem? Em primeiro lugar, gostaria de lhe agradecer, tanto pela sua dúvida, mas também pela confiança.

      Vamos lá…

      A associação é a TurisForte, não é?
      Bem, o seu Prefeito foi reeleito. A base eleitoral dele (voto) é na parte do interior, logo é para lá que ele tem a tendência de olhar. Imagino que a parte do litoral concentre mais turistas de segunda residência, não? Até aí, nada de novo. Mesmo porque, ele deve usar a Sectur (Sec de Turismo) para promover ações das quais você comentou.

      Para aproximar, lhe faço uma pergunta: Até que ponto, a sua lista de demandas envolve diretamente a Sectur? Ou, em outras palavras, para resolver ou mitigar suas demandas/gargalos, quais são as estruturas da prefeitura que você precisa de fato envolver de fato? Será que estas estão atreladas ao turismo ou a outras secretarias da prefeitura?

      Neste sentido, lhe sigo lhe perguntando… Como a TurisForte, tem mantido uma agenda de trabalho com o executivo? Em algum momento, houve a ideia de fazer um seminário ou uma reunião de trabalho sobre estas demandas, que envolva o trade em peso? Estas são regulares? (Se forem dispersas ao longo do ano, não sugere compromisso) Lembre-se: cooperação é a base. Neste sentido, até que ponto os associados estão com a associação na luta pelas mesmas reivindicações que me colocas? Há consenso? Até que ponto os associados acham que a TurisForte irá resolver tudo? Estes são pontos que quando não claros são brechas que se usa para enfraquecimento da entidade e que impacto no resultado.

      São perguntas que precedem nosso bate-papo via skype. …Topa?
      Se sim, aqui está meu endereço para que você me add: eduardo.jorge.costa.mielke

      O que me diz?
      Abr, Mielke.

      Curtir

    2. Prezada, Ana
      Desculpe-me pela demora em te responder. Acima, te fiz algumas provocações e estou a disposição.
      Meu skype é eduardo.jorge.costa.mielke
      Abr.
      Mielke

      Curtir

    3. Ana, veja no face, pois vou postar um texto sobre sua demanda. Abr Mielke.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close