TEXTO 115 – SE OS EMPRESÁRIOS E POLÍTICOS DA SUA CIDADE NÃO DÃO A MÍNIMA PARA O TURISMO, O PROBLEMA É VOCÊ QUE NÃO ESTÁ ENVIANDO A MENSAGEM CORRETA. Série SIMTUR, por Eduardo Mielke.

Sabe aquela história de que o Turismo na sua Cidade não é valorizado, blá-blá-blá? Se você tem aquela sensação de estar enxugando gelo quando repete trilhões de vezes a importância da atividade, tentando sensibilizar políticos e o empresariado, este texto é para você!!!

Ah! Antes de mais nada, seja bem vindo ao Blog de Capacitação gestão & Política de Turismo no Município, se esta é a sua primeira vez. Se já acessou outros textos, obrigado mais uma vez pela confiança. Se gostou, compartilhe e curta. Toda semana tem um novo texto!

Para entender o problema e saber solucioná-lo, é necessário que você entenda a lógica que permeia e se entranha em qualquer dinâmica de poder sobre o que acontece numa Cidade. Veja. A grande parte dos políticos da velha guarda vem de famílias tradicionais que por sua vez, vem de negócios também tradicionais. Muitas vezes estes negócios foram ou são ainda os pilares da cidade, tornando-se por vezes a própria MARCA DA CIDADE, pelo qual ela é (re)conhecida.

E neste contexto, se visitar qualquer Prefeitura, você irá nomes bem familiares. E, por fim, mesmo a grande maioria dos políticos desta nova geração também tem negócios na sua Cidade. Portanto, para todo lado que você vá, a relação política & negócios é viceral. E a cada dois anos esta relação se torna mais clara, pois campanha eleitoral custa…caro

Resumindo toda a história. Tomando isso como uma grande probabilidade de ser verdade, qualquer ação que você faça que não apoie/ajude/fortaleça/potencialize esta relação, não será percebida pelos políticos-empresários como algo que realmente chame atenção. Por mais que um evento seu movimente a Cidade inteira, enchendo a praça principal, nada disso irá fazer com que eles olhem para o Turismo como algo que mereça prestígio. As vezes é justamente o contrário. E seguirão tendo aquela máxima de que turismo nada mais é do que aquela outra trilogia do horror = festinha+quermesse+showzinho: Algo que dura dias, e daí? E não pense você também que aquele discurso do dinheiro novo, e de que os hotéis e restaurantes estão cheios irá convencer. Isso é o chover no molhado….enxugar gelo…Isso é o blá-blá-blá que nunca alguém de fundamento vai comprar…Aliás, isso explica e muito o pífio orçamento que as Sectur dispõe todos os anos….Hoje em média é de 0,62%.

Para você ter uma ideia de quão sério é isso, em 2017 fizemos uma pesquisa com 44% de todos os C&VB do país. Dentre outras coisas, perguntamos quais eram os três principais pilares econômicos da Cidade. E em seguida, perguntamos quantos eventos ligados a estes pilares aconteceram com regularidade. Pasme!! Pois, em 91% dos casos eles simplesmente não acontecem..não fazendo parte do calendário de eventos da Cidade.

Em outras palavras, a interpretação disso tudo é o mesmo que dizer que:  1. O Turismo não dá bola para os setores que mais geral empregos e impostos no Município. 2. O Turismo não dá bola para que a Cidade tem de melhor. 3. O Turismo não dá bola para a possibilidade do Município ter seus produtos conquistando mais mercado e serem o orgulho dos seus cidadãos. Logo, por que mesmo que o empresariado irá se importar o Turismo e seus eventos?? Pense nisso…

O trabalho de agregar valor àquela relação através do Turismo, deveria ser Política Pública…Ao invés disso, o MTUR segue estimulando aquele tradicional gasto energético  no regional das instâncias “icebergs” e nos roteiros patrocinados pelo Estado. Insiste em fazer aquilo que não é o seu papel primordial. E ainda por cima, nada faz sobre aquilo que realmente importa: o fortalecimento dos Municípios, onde tudo acontece.

Chega de perder tempo e gastar energia a esmo, certo! Se você que que o Turismo seja reconhecido, o que você está esperando? Identifique estes setores econômicos da sua Cidade AGORA!!!. No livro do SIMTUR, explico isso com mais detalhes… Se você é Secretario e me lê, articule com as principais lideranças destes setores e as turísticas para trabalho em cooperação. Estruture pelo COMTUR um Grupo de Trabalho para desenvolver um Plano de Ação para que os Eventos comecem a trazer o que mais importa para a prateleira, mostrando  o que economia da Cidade tem. Faça e incorpore eventos ao Calendário Anual de Eventos. Comece a jogar o jogo… 

Eu te garanto que você vai experimentar outra vida! Ponho meus 20 anos de profissão no lixo se estiver errado. É assim que você vai trazer quem interessa para o seu lado…o resto é dar murro em ponta de faca…A escolha é sua. Pense nisso.

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close